Segundo homem mais rico da Rússia decide doar toda a fortuna

O multimilionário russo Mikhail Fridman, cuja fortuna é estimada em 13.300 bilhões de dólares, anunciou que vai transferir todo o seu dinheiro para organizações filantrópicas. A informação é da revista Forbes, acrescentando que Mikhail é o segundo homem mais rico do país e que ele vai deixar os quatro filhos sem herança. O multimilionário quer que os filhos obtenham êxito na vida por conta própria, como aconteceu com ele.

 

Mikhail Fridman é empresário e iniciou suas atividades promovendo um serviço de limpeza de janelas, com um grupo de amigos da universidade, onde ele empregou estudantes de diferentes faculdades, proporcionando-lhes a oportunidade de ganhar uma renda extra.

 

Juntamente com vários parceiros, fundou o Grupo Alfa, em 1989, um dos maiores grupos de investimento de capital fechado da Rússia. Ele é o atual presidente do conselho de supervisão da Alfa. Fridman é, também, presidente do grupo L 1 de Energia, que tem sede em Luxemburgo, e membro do conselho consultivo internacional de Relações Exteriores , dos Estados Unidos, e do conselho de União Russa de Indústrias e Empresários.

 

A empresa Alfa Grup é responsável pelo desenvolvimento de importações e exportações, comercialização de commodities ( petróleo, produtos de petróleo, carvão, açúcar em bruto) e importação de bens de consumo (perfumes, tapetes de máquina e outros produtos). A empresa controla o Alfa Bank, o maior banco privado da Rússia. Mikhail Fridman  é detentor de diversas honrarias e prêmios empresariais na Rússia e em outros países.

 

Please reload

Destaque

COMUNICADO

November 12, 2019

1/5
Please reload

Recentes

November 12, 2019

September 5, 2019